Dezembro 21 2008

O blog mudou de casa...

http://vidaenfermeiro.blogspot.com/

 

Peço a quem tinha o link adicionado nos favoritos ou nos vossos blogs que actualizem e metam este novo

 

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 01:32

Dezembro 15 2008

 

Os dias passam, frios e brancos,
Congelam ventos, mares e distâncias,
Mas não congelam recordações, amizades, nem saudades,
Do tempo que partilhamos naquela escola de Enfermagem!
E o que resta da nossa esperança:
-De poder desempenhar com orgulho a profissão que escolhemos
-De poder dar de nós aquilo que tanto ansiamos dar
-De poder por em prática o conhecimento, a experiência e o amor
por aquilo que aprendemos a ser e a saber, ao longo de 4 anos que passaram a voar,
ao longo de uma vida que nos ensinou td o que sabemos...
Esta esperança vai perdurar até este País mudar,
Porque ser Enfermeio é lutar...
Porque ser Enfermeiro é acreditar...
Porque ser Enfermeiro é amar...
Porque ser Enfermeiro é não desistir (mesmo que tudo e todos nos digam o contrário).
Ser enfermeiro é sorrir, perante todas as adversidades e esperar sempre o melhor que ainda está para vir!!!

                

 

                                                                               Enf. Marina

 

 

 

Tal como prometido aqui está um post escrito por uma colega ( e AMIGA) enfermeira:)

Obrigado. Beijinho Marina.

publicado por enfermeiro_de_serviço às 15:06

Dezembro 13 2008

Vocação..

Hoje perguntaram-me o que era vocação!

Disse que estava ocupado…para ter alguns segundos para pensar…Mas de nada serviu..quem se lembra de perguntar num sábado o que é a vocação?

Mas o que será isto? É uma predisposição de situações? É uma atitude perante a vida? Ou não é mais que…um destino?

Não consigo definir assim sinteticamente o que é “ter vocação”, mas respondi que é algo que nós todos num determinado momento da nossa vida, perante situações completamente díspares sentimos e reconhecemos como vocação…

A resposta não convenceu e perguntou...e tu tens vocação para ser enfermeiro?

Sim tenho, mas a vocação será possivelmente tudo aquilo que disse…Não acordamos um dia e a nossa vocação aparece só porque queremos.

Mais que um sentimento a vocação é um processo trabalhado e amadurecido que nos diz o caminho por onde seguir. Será um conjunto de experiências pessoais que nos moldam o modo como pensamos e vemos as coisas, ou será que já nascemos …vocacionados?

Acredito que ninguém nasce vocacionado para isto e aquilo, mas que durante o nosso percurso, desde a infância vamos assimilando competências que nos levam à vocação por qualquer coisa…

E para ti..o que é a vocação?

 

p.s. A infeliz autora da pergunta que ficou mais ou menos sem resposta tem 9 anos……

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 03:25

Dezembro 08 2008

 

Espero que gostem tanto como eu:)

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 16:56

Dezembro 08 2008

 

Quase a acabar as mudanças aqui no blog..

publicado por enfermeiro_de_serviço às 04:25

Dezembro 02 2008

 

Aqui vai a resposta lançado pela blogadinha (podem consultar o blog ali ai lado)

 

O desafio consiste em 7 coisas que não consegues mesmo deixar de olhar quando vês.

 

1.  Um acidente na estrada…

      Consegues parar de olhar?

 

 

 

 

2. Uma discussão entre um casal..

 

 

      Consegues parar de olhar?

 

 

 

 

3. Alguém que cai no meio da rua..

 

 

      Consegues parar de... olhar?

 

 

 

 

4. Alguém com um aspecto mesmo estranho...(ex: Castelo Branco:P)

 

 

      Consegues parar de olhar?

 

 

 

 

5. Mulheres com bigode:S .

 

 

      Consegues parar de olhar?

 

 

 

 

6. Alguém a rir perdidamente…

 

 

      Consegues parar de olhar?

 

 

 

 

7. E claro…uma moça gira...:P.

 

 

 

 

      Consegues parar de olhar?

 

 

 

 

E agora o desafio vai para......

 

Essencia do meu ser

 

writingisnotacrime

 

tania borrageiro

 

livros da katy

 

sahaisis no hospital

 

O meu ritmo

 

As certezas das incertezas

 

 

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 18:33

Dezembro 01 2008

 

QUE FRIO!

 

Ó senhores que controlam isso das temperaturas...adormeceram ou quê?

Não sei se ja repararam mas está um frio de rachar...

 

Isto de não ter nada para fazer e ter que levar com este frio todo tem muito que se diga..até a lareira ja deve tar cansada porque está sempre a debitar calor cá para fora ..

 

Eu até acho que isto é uma cabala contra os desempregados..estão em casa? Entao vamos la baixar as temperaturas para eles sofrerem..hehehe

 

 

P.S. Se calhar tenho trabalho no início de Janeiro:P

publicado por enfermeiro_de_serviço às 18:38

Novembro 25 2008

 

  Aproveitei o tempo livre..(infelizmente que o tenho mas pronto..) para ver o filme Blindness realizado pelo Fernando Meirelles baseado no livro do José Saramago.

 

  Admito que não sou o fã número 1 do nosso prémio nobel mas gostei particularmente deste livro e por isso foi com muita curiosidade que assisti ao filme.

  A visão que o Fernando Meirelles tem do livro é a que qualquer um de nós teve e isso percebe-se em vários momentos do filme quando passam pelos nosso olhos cenas tal como imaginámos quando lemos o livro.

 

  É um filme duro e até cruel, mas para passar a mensagem que o José Saramago queria só podia ser deste modo.

  Como li num qualquer blog este filme é um murro do estâmago e um abanar de consciência que nos envolve durante largos momentos.

 

  Após ver o filme, fico com a sensação que somos todos muitos pequenos e que sendo assim não temos o direito de criticar seja quem for, porque a cegueira neste filme, é um obstáculo para as pessoas, mas sabemos que ao longo da vida deparamo-nos com outros tão diferentes mas que insistimos em pensar que é o pior possivel.

 

  O exemplo que nos é dado, até pode ser interpretado de varios modos, mas certamente é consensual na relativização da vida e nas priorização que damos a coisas e factos que comparados com outros...são irrelevantes...

  As vezes a maior cegueira é aquela quando nao queremos ver o que os nossos olhos veem e perdemos tempo a arranjar desculpas ocas de sentido.

 

  Ainda sobre o filme...é de realçar o desempenho absolutamente fantástico da Julianne Moore e do Mark Ruffalo..

 

 Aconselho vivamente que vejam este filme...Blindness por Fernando Meirelles.

 

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 17:45

Novembro 25 2008

Obrigado por passares para palavras o que é tão difícil de dizer apesar de sentirmos com tanta intensidade.
Já disse aqui mais que uma vez...mas insisto..ela escreve muito bem:)
Aqui vai a letra de mais música da grande Mafalda Veiga:)

Mafalda veiga - Os imortais

Por mais que a vida nos agarre assim
Nos troque planos sem sequer pedir
Sem perguntar a que é que tem direito
Sem lhe importar o que nos faz sentir

Eu sei que ainda somos imortais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se o meu caminho for para onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu te sei dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

Por mais que a vida nos agarre assim
Nos dê em troca do que nos roubou
Às vezes fogo e mar, loucura e chão
Ás vezes só a cinza do que sobrou

Eu sei que ainda somos muito mais
Se nos olhamos tão fundo de frente
Se a minha vida for por onde vais
A encher de luz os meus lugares ausentes

É que eu quero-te tanto
Não saberia não te ter
É que eu quero-te tanto
É sempre mais do que eu sei te dizer
Mil vezes mais do que eu te sei dizer

 

p.s. Como sempre podem  ouvir a música aqui no blog..basta procurar ali ao lado.
publicado por enfermeiro_de_serviço às 02:46

Novembro 18 2008

 

Contava me há dias uma amiga que tem ou tinha o hábito, infelizmente tão português, de achar que lá fora é que é bom e tudo é bem melhor.

Ela, enfermeira, acabou o curso há três anos e iludida por uma oportunidade que tardava em aparecer por cá, partiu ao desconhecido (demasiado desconhecido) e agarrou-se à ilusão que a sorte tinha chegado.

Chega lá, depara-se com um edifício degradado, com condições demasiado básicas e sendo um pais diferente e apesar de dominar a língua sentiu-se pela primeira vez longe..de tudo o que tinha deixado cá.

As semanas passam e o sonho desvanece e a ilusão da mudança acaba em cada não que ouve…não de “não podemos pagar já”…não de”não sabemos quando podemos pagar”…não de”não vale a pena insistir” demasiados não...

Perdeu a ilusão mas ganhou a experiência, não só a de ter trabalhado “lá fora”, mas a de que mesmo quando não conseguimos ver a saída, nem sempre a primeira parte que se abre é a correcta.

 

Não vale a pena também acreditar que isto só acontece lá fora, porque mesmo aqui em Portugal, nós, recém-licenciados, somos o alvo supostamente fácil  para trabalhar em condições que não correspondem ao mínimo exigído.

Todos nós conhecemos casos destes, amigos, conhecidos ou histórias que ouvimos em estágio...sabemos que é este o mundo que nos espera e temos saber como agir  perante estas situações.

E é isso que quero reforçar neste post…temos que saber não nos deixar levar pela primeira mão que nos é estendida e ter a noção de que apesar de precisarmos de uma oportunidade ela tem que ser justa e correspondente ao esforço que foi dispendido nos anos que passamos a estudar.

 

Àqueles que como eu estão a tentar sair desta encruzilhada de portas que nos insistem em fechar...tenham calma...

 

Quem sabe se a oportunidade certa…a tal…não estará mesmo ali?  

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 04:47

E quantos já passaram por aqui?
Free Counter
Free Counter
Dezembro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12

14
16
17
18
19
20

22
23
24
25
26
27

28
29
30
31


Vida De Enfermeiro

vida_de_enfermeiro
pesquisar
 
Quem nos visitou
subscrever feeds
blogs SAPO