Julho 28 2008

 

Mas será que há coisa melhor do que estar de férias depois de ano que até não correu mal?

 

Quando não temos nada para fazer, ocupamos o tempo a pensar, no que já fizemos, se fizemos bem ou mal e principalmente no que vamos fazer depois.

 

Há dias deixei-me pensar neste ano que passou, o último ano e após o desanimo de ver o fim do curso arrastar-se para Setembro, acho que até foi um ano positvo.

 

Comecei o ano lectivo a fazer exames em atraso que correram bem. Os estágios aproximavam-se vertiginosamente e os medos e as dúvidas acompanharam cada momento.

 

O estágio de saúde materna foi possivelmente o que criava mais expectativas por ser a área que mais interesse me despertava e foi óptimo ver que aquilo que imaginava foi o que senti na prática.

 

O estágio de saúde mental era a incógnita. Sinceramente não comecei este estágio com a motivação do anterior. Mas foi supreendente as experiências que adquiri lá, essencialmente ver o estado a que podemos chegar como patologias em que a dor física é tao irrelevante ou inexistente e como podemos passar a ser crianças outra vez com a ingeniudade que lhes é caracteristica.

 

O estágio de pediatria foi, tal como, o de saúde materna era aguardado com muita ansiedade, visto ser uma área que sempre despertou o meu interesse e chegava ao momento de comprovar, na prática, as expectativas que criei. Psicologicamente não é facil lidar com o sofrimento de crianças e esse foi talvez o ponto negativo, contudo largamente superado por ver a cada dia a recuperaçao do sorriso e da saúde.

 

Por fim, o estágio de integração à vida profissional, o ultimo do estágios, o estágio dos estágios e onde pela última vez, em contexto de aprendizagem de treinarmos as competências que vão servir de suporte à nossa prática profissional. Foi um estágio longo, mas positivo e do qual guardo boas recordações.

 

O próximo episódio será, espero eu, num contexto mais profissional e aí as coisas serão diferentes...

 

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 20:18

Julho 26 2008

 

Ora, aqui fica um post diferente.

 

Fiquei hoje a saber que já tenho leitores fieis no Brasil. Fiquei contente ora pois claro.

 

Eu que pensava que ninguem se dava ao trabalho de ler isto descubro que há quem conheça de cor alguns posts.

 

A sensação de saber que há alguém que tão longe gosta daquilo que escrevemos é o motor que me faz continuar a escrever aqui e ajudar a que fiquem com uma imagem do que sente um quase enfermeiro.

 

Muito bem ! Um obrigado a todos os que me seguem desse lado mas, hoje, especialmente aos leitores do pais irmão.

 

publicado por enfermeiro_de_serviço às 01:55

Julho 22 2008

 

 

Ora bem...

 

Como sempre comecei o post com uma imagem mas desta vez sinto necessidade de explicar, imagem que atrás de cada porta daquelas estão os objectivos que aspirei alcançar..ja abri algumas portas..agora preciso de encontrar mais uma..a porta que me levará a uma nova etapa.

 

O tempo para escrever não tem sido muito tempo. Perdido entre cinco exames tive que mergulhar nos livros( sim..afoguei-me em alguns) para ver se consigo despachar isto.

 

Até têm corrido bem e quatro dos cincos estão feitos, mas para já só consigo acabar em Setembro...quatro de Setembro às 16horas começa o que espero ser o fim do curso e o objectivo alcançado.

 

Não é um mês que me vai fazer desviar do sonho, nem pensar, mesmo sabendo que naqueles momentos em que a desmotivação tenta conquistar espaço como se fosse um animal selvagem, tudo nos passa pela cabeça.

 

O caminho agora é descansar, aproveitar os dias de férias, para depois voltar em força e poder dizer a todos o mesmo: SOU ENFERMEIRO e com isto deixar orgulhosos aqueles que sempre acreditaram em mim, principalmente quando as coisas corriam menos bem mas também para aqueles  que tentaram puxar para atrás e impedir que as coisas acontececem.

 

Deixo aqui por fim uma frase, que mais que um pensamento igual a tantos outros é uma filosofia de vida.

 

"Se sonhar um pouco é perigoso, a solução não é sonhar menos, é sonhar mais.Marcel Proust

publicado por enfermeiro_de_serviço às 20:18

Julho 10 2008

Ainda gostava de ter a oportunidade de perguntar quem dá o direito à senhora Mafalda Veiga de escrever músicas destas.

Isto é quase invasão de privacidade.

 

 

Eu fui devagarinho
com medo de falhar
não fosse esse o caminho certo
para te encontrar
fui descobrindo devagar
cada sorriso teu
fui aprendendo a procurar
por entre sonhos meus

eu fui assim chegando
sem entender porquê
já foram tantas vezes tantas
assim como esta vez
mas é mais fundo o teu olhar
mais do que eu sei dizer
é um abrigo pra voltar
ou um mar pra me perder

lá for a o vento
nem sempre sabe a liberdade
a gente finge
mas sabe que não é verdade
foge ao vazio
enquanto brinda, dança e salta
eu trago-te comigo
e sinto tanto, tanto a tua falta

eu fui entrando pouco a pouco
abria a porta e vi
que havia lume aceso
e um lugar pra mim
quase me assusta descobrir
que foi este sabor
que a vida inteira procurei
entre a paixão e a dor

lá for a o vento
nem sempre sabe a liberdade
gente perdida
balança entre o sonho e a verdade
foge ao vazio
enquanto brinda, dança e salta
eu trago-te comigo
e sinto tanto, tanto a tua falta

lá for a o vento
nem sempre sabe a liberdade
a gente finge
mas sabe que não é verdade
foge ao vazio
enquanto bebe, dança e ri
eu trago-te comigo
e guardo este abraço só para ti.

 

 

Podem ouvir esta musica aqui no blog é so selecionar ali ao lado ------>

publicado por enfermeiro_de_serviço às 02:38

Julho 06 2008

Surpreendeu-me.

 

Correu fantasticamente bem.

 

Agora estudar para os exames que faltam...2..

 

 

 

p.s. ja repararam que agora quando entram começa a dar músicas todas catitas hehe.

publicado por enfermeiro_de_serviço às 04:47

Julho 01 2008

Falta um dia para a avaliação. Não me peçam para pensar noutra coisa...

publicado por enfermeiro_de_serviço às 03:18

E quantos já passaram por aqui?
Free Counter
Free Counter
Julho 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
15
16
17
18
19

20
21
23
24
25

27
29
30
31


Vida De Enfermeiro

vida_de_enfermeiro
pesquisar
 
subscrever feeds
blogs SAPO